Como é o funcionamento de uma panela de pressão?

Como é o funcionamento de uma panela de pressão?

Perca o seu medo da panela de pressão entendendo como ela funciona.

Alguns têm medo e outros não vivem sem ela. Ela é queridinha de alguns e dispensada por outros. A panela de pressão pode até dividir opiniões nos lares brasileiros, mas é inegável: quase todo mundo tem curiosidade de saber como ela funciona.

Temos a resposta aqui. O que acontece dentro de uma panela de pressão não é mágica e, sim, um fenômeno puramente físico envolvendo o uso da pressão do ar para cozinhar os alimentos.

Então, para cozinhar uma lata de leite condensado até ela virar doce de leite, para fazer aquela carne desfiada, cozinhar tubérculos como batata e mandioca rapidamente e até mesmo fazer um pudim na panela de pressão, basta entender como o ar é usado nesse processo.

A pressão atmosférica

Antes de entender o funcionamento da panela de pressão, é preciso compreender alguns conceitos físicos. Não se preocupe: explicaremos todos eles.

Quando colocamos água no nível do mar, o ponto de fervura dela é 100°C. Por isso, ao esquentarmos água em uma panela comum, é normal que ela comece a ferver por volta dessa temperatura.

Já em uma altitude maior, onde a pressão atmosférica — ou seja, a pressão feita pela atmosfera na superfície, que é exercida em todo o mundo — é menor, a água ferve em uma temperatura menor. Essa água ferve quando bolhas com o vapor dela ultrapassam a pressão atmosférica, que age as empurrando para o fundo da panela.

Ou seja, uma pressão atmosférica menor faz com que a água se torne vapor muito rápido, trazendo maior dificuldade para cozinhar alimentos, já que a água rapidamente ultrapassa a pressão atmosférica e sobre para o fundo da panela. Quando a pressão atmosférica é maior, a água esquenta de maneira mais uniforme, não se tornando vapor tão rapidamente.

Agora, entenda esse conceito aplicado à panela de pressão.

A panela de pressão

Sabe aquela borracha que fica no entorno da tampa da panela de pressão? Sua função é impedir que o vapor da água quente escape, contribuindo para o aumento da pressão interna da panela.

Pense desta maneira: quando o vapor se acumula, ele gera pressão dentro da panela. Essa pressão é maior que a pressão atmosférica, o que faz com que a água esquente mais rápido, cozinhando, assim, a comida mais rapidamente.

Quando a pressão atinge um ponto específico, ela empurra a válvula de pressão, liberando o vapor em excesso e impedindo que a pressão faça a panela se expandir, de onde vem o risco de explosões.

Resumindo: o vapor da água enche a panela, gerando pressão. A pressão ajuda a água a esquentar mais rápido, fazendo com que o alimento cozinhe também mais rapidamente. Quando a pressão é muita, a válvula é acionada para impedir explosões. Fácil, não é?

Tipos de panela de pressão

Agora você deve estar se perguntando se os diferentes tipos de panela de pressão atuam de maneira diferente. A resposta é: não.

Os diferentes tipos de panela de pressão são apenas para oferecer mais opções de escolha para o consumidor, podendo variar entre as mais tradicionais até as elétricas. No fim, todas elas seguem o mesmo princípio físico e, internamente, funcionam da mesma maneira.

O que cozinhar na panela de pressão?

Se não fosse por sua tampa emborrachada, a panela de pressão seria uma panela comum, onde tudo poderia ser cozido desde que ela não fosse tampada para pegar a pressão.

Entre as receitas recomendadas para se fazer na pressão estão: feijão, cujos grãos demoram para serem cozidos, carnes, que se tornam mais macias rapidamente, e legumes como batatas, cenouras e mandioca, que podem ser cozidos em até cinco minutos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.