Como montar uma distribuidora de bebidas delivery?

Como montar uma distribuidora de bebidas  delivery?

Quem aprender como montar uma distribuidora de bebidas com foco em delivery poderá descobrir como empreender em uma área de grande crescimento e importante no mercado atual, especialmente por causa da pandemia do novo coronavírus.

Afinal, esse é tipo de produto que sempre terá um mercado considerável aguardando por opções de produtos e serviços.

A previsão de PIB para 2020 é de queda em praticamente todos os países do mundo, inclusive o Brasil. Isso acontece por causa da pandemia do novo coronavírus, claro, mas também traz uma ilusão sobre o mercado: a de que não há pessoas querendo comprar.

É o contrário: elas querem comprar, só não podem. Por isso, a empresa que conseguir superar os desafios da pandemia, conseguirá vender mais e superar esse momento difícil.

Quer aprender como montar uma distribuidora de bebidas com foco em delivery? Então siga a leitura abaixo!

Como montar uma distribuidora de bebidas com foco em delivery em 5 passos

1. Cuide da estrutura de delivery

O primeiro passo para poder trabalhar como uma distribuidora de bebidas com foco em delivery é ter a estrutura de delivery para isso. Na prática, é necessário atuar em duas pontas: ter a interface para que o cliente faça o pedido e ter os recursos para separar e entregar a bebida solicitada.

Por isso, é essencial começar o projeto com uma boa interface para os usuários. Muitas empresas desenvolvem um aplicativo de smartphone próprio ou montam uma linha telefônica / site particular. No entanto, uma excelente ideia é trabalhar com venda de bebidas em Rappi, um dos principais apps de entrega do Brasil. A grande vantagem é que o Rappi é um aplicativo que já tem um público gigantesco, além de ter servidores próprios e toda a estrutura já montada. Para o empreendedor, é só entrar com os produtos.

Na outra ponta, trabalhar com um aplicativo como o Rappi também é vantajoso pois ele já tem os entregadores registrados para fazer a entrega. Ou seja: não é necessário contratar ninguém para isso. Caso o empreendedor não queira usar um app do tipo, precisará contratar entregadores.

Para fazer a decisão se essa é ou não a melhor estratégia, basta fazer as contas. Os principais aplicativos de entrega cobram uma determinada taxa por venda. Veja quanto é essa taxa e então calcule se os seus custos com um aplicativo próprio, entregadores e outros elementos seria maior ou menor do que esse valor todos os meses. Se for maior, então vale a pena usar o app.

2. Tenha um bom espaço

Uma distribuidora de bebidas delivery precisa de um bom espaço que cumpra três requisitos básicos:

  • tenha tamanho o suficiente para acomodar adequadamente todo o estoque;
  • tenha acesso a energia fácil e confiável para poder utilizar os equipamentos que controlam a temperatura;
  • tem fácil acesso para os entregadores chegarem rapidamente aos clientes.

É difícil encontrar esses três elementos em um único espaço, mas é importante que eles estejam presentes para que a empresa possa explorar ao máximo as capacidades da sua sede para ter um bom modelo de negócios.

3. Trace uma estratégia clara

Uma distribuidora de bebidas não pode se dar ao luxo de ter uma estratégia de ação difusa e um plano de negócios pouco claro. Isso porque as margens de lucro nesse segmento são baixas. Além disso, é importante lembrar que o mercado é hostil: 50% de todas as empresas que abrem as portas no Brasil acabam fechando em 4 anos.

Por isso, é importante que você trace uma estratégia clara de como a sua distribuidora atuará. Por exemplo, seu público principal será o de restaurantes e outros estabelecimentos ou pessoas físicas? Pode trabalhar com os dois, claro, mas é essencial ter uma estratégia para cada um. Assim, você evita desperdiçar foco e energia na ação.

4. Faça marketing com sabedoria

Uma distribuidora precisa de um bom marketing para encontrar clientes. No entanto, não basta simplesmente fazer qualquer tipo de ação publicitária e esperar que dê certo. É necessário usar a cabeça para isso.

Por exemplo, suponha que a sua distribuidora trabalhará apenas com cervejas artesanais. Logo, é importante trabalhar o marketing pela Internet para alcançar o público mais descolado, que é o consumidor preferencial desse tipo de bebida.

5. Otimize seus processos internos

Por fim, uma distribuidora depende muito de ter processos internos bem organizados, envolvendo o recebimento de produtos, controle de estoque, separação e embalamento, transporte, emissão de notas e muito mais.

Tudo isso precisa ser bem oleado para que a empresa não perca tempo e nem clientes. Além disso, o ideal é ter o processo o mais automatizado e otimizado o possível para reduzir os custos e aumentar um pouco as baixas margens de lucro.

Agora que você já sabe como montar uma distribuidora de bebidas com foco em delivery, poderá colocar esse plano em foco e empreender nessa área, que tem grande potencial de crescimento em 2021. Basta saber como organizar os processos internos e ter uma estrutura interessante.

Gostou do assunto? Agora é a vez de deixar um comentário com a sua opinião!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.