Consiga mais desconto comprando online com cupons

Consiga mais desconto comprando online com cupons

O avanço do e-commerce

É um fato que o ano atípico de 2020 gerou um crescimento inigualável nas vendas online. Pesquisa realizada pelo Ebit│Nielsen aponta que no Brasil houve o maior crescimento no e-commerce dos últimos 20 anos – basicamente desde que a internet é como nós a conhecemos.

É claro que o maior fator para essa expansão foram as lojas físicas que permaneceram longos períodos fechadas devido ao isolamento social gerada pela pandemia do novo coronavírus. Isso fez com que os consumidores precisassem buscar novas formas de consumo.

Assim, o consumidor receoso e que tinha dúvida sobre como comprar pela internet, passou a perceber as vantagens do e-commerce, enquanto quem já comprava online apenas reforçou esse comportamento.

Com mais pessoas comprando pela internet, o resultado não poderia ser outro além do avanço do e-commerce.

Como vamos consumir em 2021?

Apesar do “boom” do e-commerce em 2020, a expansão não para por aí. Análises da Ebit│Nielsen apontam que em 2021 haverá um crescimento de 26%, onde o setor das lojas virtuais e marketplaces devem somar um faturamento de R$ 110 bilhões, já que o consumidor se adaptou a esse estilo de compra.

O desafio para continuar aproveitando das vendas virtuais é melhorar a experiência do consumidor adotando estratégias como a unificação dos canais, onde o consumidor pode ir até a loja física conhecer o produto e realizar a compra por aplicativo.

Outra proposta é a utilização de realidade aumentada que torna a compra ainda mais real, mesmo quando o pedido é realizado totalmente em um ambiente virtual.

Além disso, 2020 serviu para firmar a popularidade dos cupons de desconto, fazendo com que o consumidor tivesse mais um motivo para optar pelo e-commerce. Essa é uma tendência que deve continuar em 2021.

Cupons e a facilidade em conseguir descontos

Os cupons de desconto representam uma forma prática e funcional de economizar. Essa forma de reduzir o preço se tornou bastante comum em países desenvolvidos antes mesmo da Segunda Guerra Mundial, onde a população passava por períodos de escassez de recursos.

Aqui no Brasil, em contrapartida, sua utilização foi iniciada tardiamente, e apesar de existirem os cupons físicos, os cupons só começaram a se tornar popular com o avanço da internet, sendo que sua utilização em formato digital ganha maiores adeptos todos os dias.

Com o propósito de fidelizar o cliente, girar o estoque e aumentar as vendas, as marcas e lojas virtuais disponibilizam códigos de descontos, links promocionais e até mesmo algumas composições alfanuméricas específicas para tornar o frete gratuito. Funcionando de forma bastante simples, os vouchers devem ser adicionados ao carrinho de compra, que ao serem computados e validados subtraem um percentual do valor final a ser pago.

As ofertas dos descontos podem ser direcionadas para produtos específicos, como é o caso de móveis, roupas infantis, eletrônicos ou smartphones.

Dependendo da experiência que a loja virtual queira transmitir, pode optar por preparar uma página repleta de produtos com preços imperdíveis apenas para os consumidores que conseguirem acesso via link. Há também possibilidade de economia comprando via aplicativo, para a primeira compra, ao indicar um amigo, e muitas outras modalidades.

Por serem de fácil utilização, no ano de 2020 houve um aumento na procura por cupons de descontos úteis às compras. Aqui no Agora Cupom, diariamente, são disponibilizadas opções válidas e que farão suas compras não pesarem no seu bolso.

Os desafios do e-commerce para este ano

Apesar da popularidade do e-commerce e de métodos de desconto como os cupons, há também que se pensar nos desafios que o segmento precisa enfrentar neste ano.

Um deles é a busca por formas de melhorar a logística e prazos de entrega, já que os compradores estão buscando cada vez mais agilidade e rapidez.

As marcas também devem estar atentas também ao seu lado social. À medida que a insegurança causada pela pandemia avançou pelo país, empresas que adotaram estratégias colaborativas e que realizaram ações em prol da sociedade, foram melhores avaliadas pelos consumidores.

Esta já era uma tendência que vinha recebendo bastante destaque nos últimos anos: produtos fabricados com plástico reciclável, redução de embalagens, cosméticos que não são testados em animais, composições livres de proteína animal e químicos que agridem a saúde, agora tem ganhado maior força e procura.

O que antes era apenas uma propensão de consumidor mais consciente e informado vem se consolidando, exigindo que as empresas sejam mais responsáveis em seu processo de criação e produção, além de ser social. O quesito humanitário já muito valorizado, será prioridade para o consumidor do futuro.

Assim como comprovamos que o consumo se adapta às necessidades humanas, esses desafios serão superados pelo setor do e-commerce. Para os consumidores, basta aproveitar as vantagens desse modo único de comprar. Confira também como entrar no hotmail!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.