O que é a Taxa Selic, conhecida como taxa mãe da economia?

O que é a Taxa Selic, conhecida como taxa mãe da economia?

A Taxa Selic representa a taxa de juros básica da economia e influencia todas as taxas de juros praticadas no Brasil.

Provavelmente você já ouviu falar na Taxa Selic, também chamada de taxa de juros básica da economia brasileira, seus movimentos influenciam as demais taxas de juros praticadas no país.

Desta forma, conhecer a Taxa Selic, suas características e impacto nas operações financeiras, traz um parâmetro referencial na análise de custos de linhas de crédito.

O que é a Taxa Selic?

A Taxa Selic é o nome dado ao que os economistas chamam de “juros básicos”. É chamada de Selic em razão da sua relação com o Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, administrado pelo Banco Central, em que são negociados títulos públicos federais.

A Selic nada mais é que a taxa média registrada nas operações realizadas diariamente nesse sistema.

Talvez você esteja se perguntando: mas que títulos públicos federais são esses? São empréstimos com prazo de vencimento de um dia realizados entre instituições financeiras que, por sua vez, têm títulos públicos federais dados como garantia.

Assim, a taxa média utilizada nessas operações — apurada diariamente — é chamada Taxa Selic. Na prática, representa o percentual de juros que está sendo praticado no mercado.

Qual é a função da Taxa Selic?

A Taxa Selic tem relação com as estratégias de política monetária nacional, tendo como base um sistema de metas de inflação.

Por isso, a Selic é a principal ferramenta utilizada pelo Banco Central para realizar o controle do  volume de recursos financeiros em circulação no país.

Isso quer dizer que quando a economia está mais aquecida e os preços sobem a ponto de afetar a meta de inflação, a Taxa Selic é aumentada. Assim, com os juros mais altos, consequentemente, é mais caro tomar crédito, fica mais caro tanto para os consumidores quanto para as empresas e para o próprio governo. Esse movimento desestimula o consumo em todos os níveis, ajudando a manter o controle dos preços.

Esse mesmo controle pode ser exercido no sentido oposto, quando a inflação está sob controle ou abaixo da meta do governo. Nestes casos, a Selic é reduzida, o que gera um movimento de estímulo ao consumo, favorecendo o aquecimento da economia.

Neste contexto, fica fácil entender porque a Taxa Selic influencia a vida das pessoas. Somado a isso, sua variação interfere em investimentos como os Certificados de Depósito Bancário, poupança, letras de câmbio e letras de crédito.

Desta maneira, tanto investidores que atuam na B3 quanto pessoas que deixam suas aplicações na poupança, têm interferência da Taxa Selic em seus rendimentos.

Ainda, a Selic é usada como referência para as linhas de crédito, por isso, quanto mais alta for a Taxa Selic, mais caros são os custos com financiamentos e empréstimos — já que os juros cobrados pelas instituições acompanham a Selic.

Por que é importante conhecer a Taxa Selic?

Já mencionamos o impacto da Taxa Selic nas linhas de crédito e no desempenho dos produtos de investimento.

Elevações na Taxa Selic são favoráveis para os investimentos em produtos de renda fixa — títulos públicos, CDBs, letras de crédito, debêntures, etc. — já que estes costumam oferecer remuneração baseada em juros.

Mas não é só nessas situações que ela se mostra relevante, o impacto no consumo também é uma característica importante.

O conceito de crédito e consumo caminham juntos, desta maneira, quando os empréstimos alcançam custos muitos altos, é natural que o nível de consumo diminua, visto que os custos de serviços e produtos também aumentam.

Desta forma, quando a Selic aumenta, o consumo diminui e quando a Selic diminui o consumo aumenta.

Como você pode ver, a Taxa Selic é considerada um meio de controle da economia, utilizada tanto sob a ótica da análise da inflação, quanto sob a perspectiva do consumo e das análises de estratégias de formatação de carteiras de investimentos.

Independente de você ser um investidor ou consumidor comum, entender os conceitos básicos que envolvem a economia ajuda a trazer educação financeira e permite realizar escolhas mais inteligentes no seu dia a dia.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.