Quais as técnicas mais efetivas no Link Building?

Para quem trabalha ou entende um pouco sobre Link Building, poucas coisas são mais prazerosas do que ver seu site em primeiro lugar no ranking dos motores de buscas.

O motivo desse prazer é por saber que um bom posicionamento pode aumentar o tráfego, e consequentemente as vendas, de seus produtos e serviços.

Ganhar dinheiro nunca foi tão obvio como é hoje. Infelizmente, obviedade não é sinônimo de facilidade. Posicionar um site é muito mais difícil do que parece, pois envolve inúmeras técnicas, como otimização Onpage e também OutReach.

Hoje vamos falar de duas técnicas bem específicas: Guestpost e otimização On Page.

Enquanto aquela é focada em conseguir links de outros sites, quando falamos de On Page nos referimos as páginas de nosso próprio site.

Preparados para entender estas duas técnicas? Vamos lá!

Otimização On Page

Aqui não é apenas sobre deixar o seu site mais rápido. Está certo que páginas responsivas e rápidas é algo muito relevante, porém há sobretudo a qualidade do seu conteúdo.

Não adianta ter um site otimizado quando por exemplo, você tem artigos com erros de português.

Ou pior que isso, imagine um site de uma agência de marketing digital que em seu blog tenha conteúdo sobre “Quais os sapatos tendências para verão 2020”. Não da para aceitar esse tipo de coisa né?

Mesmo que seja uma coisa obvio, não é incomum encontrar blogs que teriam determinada temática, porém abordam outras totalmente fora de contexto.

Isto pode ocorrer principalmente quando a pessoa está fazendo troca de guestpost. Os Black Hats (aqueles que utilizam técnicas que podem prejudicar seu site) fazem muito disso.

Mas apesar desse problema, há como evita-lo, bastando que haja um filtro rigoroso para aceitar artigos em seu blog, por exemplo. Logo falaremos mais sobre isso, ao abordar o guestpost.

Outra forma de otimização On Page é o Layout ser agradável às pessoas que estão acessando o site.

Muita gente acha que enfeitar de mais pode ser positivo. Sites coloridos de mais ou com muitos recursos podem trazer uma grande dor de cabeça ao usuário, e inclusive em alguns casos pode causar lentidão ao trafegar por suas páginas.

Ao invés de decorar de mais, tente ser mais sutil, sem perder a classe e um belo design.

Recomendamos utilizar cores mais frias como azul, cinza, branco e suas variações (roxo, azul esverdeado,  etc).

Imagens precisam ter boa resolução, mas isso não significa que precisam ter um tamanho  grande. Lembre-se que quanto mais recursos pesados estiverem no seu layout, mais lento seu site pode se tornar.

Hoje é sabido que os algoritmos do google dão muita importância à experiência do usuário.

Há muitos meios de medir isso, incluindo o calculo de tempo médio que cada pessoa permanece em suas páginas.

Agora que você entendeu um pouco sobre a otimização, vamos ao nosso outro assunto:

GuestPost: O que é e como fazer?

O Guestpost é uma técnica muito eficiente para trazer autoridade a algum site. Ela consiste em alguém escrever um artigo, e dentro deste artigo colocar um link de seu site.

Este artigo será enviado para uma outra pessoa, dona de um outro site que irá postar o conteúdo. De forma bem resumida, o resultado deste trabalho é que o outro site com seu conteúdo publicado estará citando a sua empresa.

Os algoritmos do google ficam constantemente analisando este tipo de citação, e quando encontram, entende que pelo fato de seu site estar sendo citado por outro, você tem certa autoridade no assunto que está sendo tratado.

Assim seu site ganha um aumento de métricas, que podem ser calculadas por diversas ferramentas online, como a Ahrefs (calcula principalmente o DR) e a Moz (que calcula o DA). Basicamente estas métricas são a mesma coisa, porém com nomes diferentes por causa de seus criadores.

O fato é que o seu site pode ter tanto DA quanto DR de 0 a 100. Quando mais próximo de 100, melhor. Um site com DR 10 já mostra certa relevância, porém um site com DR 70 provavelmente é perito em determinado nicho.

Isto faz com que você vá aumentando seu posicionamento nas palavras chaves que está ranqueando (aquelas palavras que você gruda o seu link nos guestpost).

Conclusão

Como você conferiu, ao aliar estas duas técnicas de link building, os resultados para o seu posicionamento será muito grande.

Um bom motivo para você investir nisso é que funciona a longo prazo, ao contrário das campanhas AD’s que só funcionam enquanto você estiver pagando. Estas campanhas geralmente são mais efetivas quando é usado vídeos, pode até ser um slideshow. Desde que o conteúdo seja curto.

Para não ter erro, sempre é bom você procurar assessoria de um agência de marketing digital especializada.

Para se aprofundar no assunto, recomendamos que fique de olho em nosso blog, e leia outros conteúdos.

Temos muita coisa interessante e que aprofunda mais estes. Se gostou do nosso conteúdo, pedimos que deixe um comentário! Ficaremos felizes em te responder!

Leave a Reply