Vendas online de alimentos e bebidas cresce 52% em setembro

Vendas online de alimentos e bebidas cresce 52% em setembro

Categoria já havia sido destaque de vendas no primeiro semestre e continua em alta. Aplicativos ganham espaço e consumidores dizem que pretendem comprar ainda mais por eles

Muita gente que se acostumou a comprar pela internet durante o período de isolamento social deve continuar com o hábito, mesmo após a reabertura do comércio presencial. A Black Friday de bebidas, por exemplo, tem sido uma categoria muito buscada na grande promoção que acontece em novembro.

O setor de alimentos foi o que mais cresceu no primeiro semestre de 2021 e é um dos com mais potencial para continuar em alta no segundo semestre. Apesar da leve desaceleração em algumas áreas, as vendas online de alimentos e bebidas online cresceram 52% em setembro em relação ao mês anterior, segundo dados de uma pesquisa realizada pelo eBit/Nielsen.

Marcelo Osanai, gerente comercial do grupo, afirma que o setor de mercearia e supermercado é um dos que têm mais potencial para continuar expandindo as vendas por meio eletrônico, apesar de essa ser uma categoria considerada como nicho.

O crescimento da venda de alimentos em lojas de departamento — que foi de 40,8% no primeiro semestre — provavelmente está entre os fatores que mantêm a área em alta. Cada vez mais lojas especializadas em eletrodomésticos e artigos para casa também estão vendendo alimentos e bebidas.

Usuários pretendem comprar ainda mais por aplicativos

Outro fator relevante para os resultados positivos é o crescimento dos aplicativos e sites de supermercados e outras lojas que vendem comes e bebes. Quase 50% dos usuários dessas plataformas afirmaram que pretendem gastar mais por elas nos próximos três meses. O que mais atrai essas pessoas? Praticidade e preço.

O iFood continua liderando nessa categoria e é o aplicativo mais conhecido e utilizado para compras de supermercado, seguido pela empresa concorrente Rappi e pelos aplicativos próprios das redes de supermercado. Em quarto lugar está o Zé Delivery, aplicativo especializado na venda de bebidas.

Muitas vezes, o mesmo consumidor utiliza mais de um aplicativo, para atender a necessidades diferentes. Os de supermercado são mais utilizados para compras maiores, de reposição da despensa, enquanto os de delivery atendem melhor às necessidades de consumo imediato, pois costumam entregar mais rápido.

Black Friday é oportunidade para consolidação de canal digital

Oferecer oportunidades diferenciadas para quem compra pela internet é uma das estratégias mais promissoras para que as empresas que ainda não se consolidaram no meio digital façam isso. Datas comemorativas e promoções, como a Black Friday, são bons momentos para atrair mais consumidores para essas plataformas.

Para Marcelo Osanai, essa categoria é sensível em relação à Black Friday, assim como outras mais tradicionais, como moda ou eletrônicos. “Temos um pico de consumo em 2019 e foi mais forte em 2020. Em 2021, espera-se um nível mais alto, já que o número de consumidores online está maior.”

Bebidas alcoólicas se destacam na internet

As bebidas, em especial as alcoólicas, são responsáveis por mais de 30% do crescimento das vendas online de todo o setor de bebidas e alimentos, segundo a pesquisa da  eBit/Nielsen. Quem experimenta a praticidade de receber sua cerveja, vinho ou destilado em casa costuma fazer disso um hábito.

Algumas bebidas, em especial aquelas que custam mais caro, como um bom whisky ou tequila, também ficam na mira de seus apreciadores, que buscam na internet oportunidades de reabastecer o bar  de casa quando os preços ficam mais atrativos.

Uma área que também surpreendeu os pesquisadores pelo crescimento nas plataformas online é o setor de hortifruti, o que pode estar relacionado com a busca de muitos consumidores por hábitos de vida mais saudáveis. No mesmo período, categorias como carne e laticínios apresentaram queda.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.